Publicidade e Comunicação Estratégica em Brasília | (61) 3563-7690

Cannes Lions 2016 onde pequenos vencem os grandes

Homeagencia de midia social brasiliaCannes Lions 2016 onde pequenos vencem os grandes
Cannes Lions 2016: 3 pessoas com um laptop podem vencer a maior agência do mundo

Cannes Lions 2016: 3 pessoas com um laptop podem vencer a maior agência do mundo

Chuck Porter, fundador da Crispin Porter + Bogusky, assina artigo, publicado pela revista Adweek desta semana, no qual defende que o Festival Internacional de Criatividade de Cannes ainda “inspira e surpreende” e explica as razões pelas quais o evento “ainda realmente importa“.

Quando eu costumava comprar agências, descobri algo que os consultores já sabiam. Todas as agências dizem a mesma coisa. Você pode muito bem prever exatamente as palavras que serão usadas – media-neutral, idea-driven, brand activation, storytelling e expressões deste tipo.(Na verdade, é surpreendente que, com todas as pessoas falando sobre contar histórias, existam tão poucas histórias boas.)”, escreve Porter.

De qualquer maneira, o que eu descobri é que ouvir uma palestra da agência sobre sua filosofia e seus processos proprietários é praticamente um desperdício de tempo. Tudo que você realmente precisa fazer é olhar para o trabalho que ela faz. É o que acontece em Cannes“, observa.

Porter defende que o Festival de Cannes é o lugar onde se pode enxergar “quem está falando sobre inovação e quem está realmente inovando“.

No entanto, segundo o fundador da CP+B, descobrir o que as agências estão fazendo é apenas uma parte da história.”Para mim, o valor real de Cannes está em descobrir o ouro que de outra maneira você nunca iria encontrar.

Ele lembra que, quando julgava Titanium, há alguns anos, concederam o Grand Prix para uma pequena empresa de design no Japão, que transformou códigos de barras “feios e onipresentes” em imagens de “montanhas, rios e cisnes graciosos”.

Não surpreendentemente, as pessoas que tinham inscrito enormes campanhas multimídia, com vídeos sobre todos os seus pontos de contato com o consumidor, não ficaram muito felizes com a escolha, mas eu a considerei perfeita”, analisa Porter. Segundo ele, a empresa de design pegou algo cotidiano e transformou em arte, ou seja, “não fez algo velho muito bem, realmente criou algo novo.

Cannes Lions 2016: 3 pessoas com um laptop podem vencer a maior agência do mundo
Porter recorda ainda que o mesmo tipo de discussão aconteceu no ano passado, quando o Titanium não foi para uma campanha global de milhões de dólares, mas para um pequeno emoji em forma de pizza (o trabalho permitia que os consumidores pudessem fazer pedidos para Domino’s enviando somente um emoji de pizza. Criação da Crispin Porter+Bogusky, assista aqui).

Assim, destaca Porter em seu artigo, “três pessoas com um laptop no Starbucks podem vencer a maior agência do mundo. Tudo que eles precisam é de uma ideia melhor.

O fundador da CP+B diz ainda que “o verdadeiro show está não nas palestras, que podem até trazer conceitos interessantes e celebridades bacanas, mas nos filmes exibidos nas telas e nos trabalhos expostos nas paredes. É aí que está o verdadeiro futuro deste negócio, e isso é o que você pode encontrar em Cannes”.

Você apenas tem que saber para onde olhar“, conclui.

Leia o artigo escrito para Adweek na íntegra, aqui.

Fonte: http://www.clubedecriacao.com.br/

Written by

Olá sou o CEO & Co-Founder da Agência Carcará de Publicidade em Brasília e sócio do CEO, Diretor de Criação & Co-Founder Raul Evaristo A Agência Carcará figura entre as mais importantes do DF e Brasilia. O foco da Carcará é o de promover e fidelizar a sua marca levando sua empresa a ter sucesso em Brasília e no Distrito Federal, por meio de gestão de campanhas publicitárias eficientes. Visite nosso perfil no Google Plus.