Fale conosco | (61) 3563-7690 e (61) 98445-9090

Marketing digital médico para clínicas: como conquistar novos pacientes

HomeMarketing DigitalMarketing digital médico para clínicas: como conquistar novos pacientes
Marketing digital para clínicas, consultórios e centros médicos: como conquistar novos pacientes em um mercado altamente competitivo em Brasília e Regiões.

Marketing digital para clínicas, consultórios e centros médicos: como conquistar novos pacientes em um mercado altamente competitivo em Brasília e Regiões.

Por muito tempo, a área da saúde foi avessa ao Marketing. A relutância tinha como principal justificativa os “códigos de ética”. No entanto, nos mercados mais avançados, as novas estratégias de marketing – aquelas relacionadas ao Marketing Digital e ao Marketing de Conteúdo – têm mudado a forma de ver dos profissionais da área da Saúde. Especialmente por conta da revolução tecnológica.

94% dos brasileiros realizam pesquisas sobre saúde na web

Hoje, a relação entre médico e paciente começa muito antes do encontro no consultório. Tem início no momento em que a pessoa identifica um problema de saúde e vai à internet em busca de informações de qualidade.

Segundo um estudo realizado pelo site Minuto Saudável, 94,4% dos brasileiros realizam buscas sobre saúde da web, sendo que 29% delas realizam uma consulta após a análise do perfil, mostrando que o profissional da área da saúde deve estar cada vez mais presente nas redes.

O Marketing Digital é o grande aliado destes profissionais, que utilizam ferramentas como sites, blogs e redes sociais, para a divulgação da sua imagem, seja ela como fonte de informação ou autoridade na área em que atuam.

O custo benefício do Marketing Digital para sua clínica

Outro atrativo é o valor, bem mais em conta ao que era cobrado pelo Marketing Tradicional. Além do poder de segmentação muito maior, potencializando o processo e aumentando o retorno financeiro.

Com esses novos recursos o profissional da área medica pode determinar quanto quer ou pode investir para fazer a divulgação de sua marca nas ferramentas de divulgação online.

Autoridade em planejamento de marketing de saúde

Pioneira no Marketing Digital voltado à saúde, a Agência Carcará já atendeu, desde 2013, mais de 27 clientes na área da saúde em seu portfólio. Em um dos seus maiores cases de sucesso, a empresa realizou um trabalho específico com a Clínica Implantomed e Rame, que hoje são as duas melhores ranqueadas em Brasília, quando a busca é “implante dentário”.

O projeto teve início em 2011, e nesta época, os trabalhos eram intensificados na mídia off-line, com a realização de jornais internos e a precificação dos serviços oferecidos, utilizando uma espécie de metodologia inversa. Após a introdução das estratégias de Marketing Digital, a empresa teve um salto no número de consultas e tornando-se uma referência no setor.

Para Raul Evaristo, um dos sócios da Agência Carcará, o grande diferencial da agência, “é que ela vai a campo, procura entender as especialidades médicas, o cliente e o seu ambiente de trabalho, vivencia a trajetória do paciente até a finalização da consulta, exames e procedimentos. Procuramos ter uma visão do todo, pois assim, entendemos a real necessidade. A partir daí, entram as nossas estratégias de Marketing Digital e toda a expertise do nosso time”, finaliza.

Quais são as áreas de atuação na área de saúde que o Marketing Digital pode auxiliar?

No Brasil são atualmente reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), a Associação Médica Brasileira (AMB) e a Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) as seguintes especialidades e áreas de atuação:

  • Alergia e Imunologia: diagnóstico e tratamento das doenças alérgicas e do sistema imunológico.
  • Anestesiologia: área da Medicina que envolve o tratamento da dor, a hipnose e o manejo intensivo do paciente sob intervenção cirúrgica ou procedimentos.
  • Angiologia: é a área da medicina que estuda o tratamento das doenças do aparelho circulatório.
  • Cancerologia (oncologia): é a especialidade que trata dos tumores malignos ou câncer.
  • Cardiologia: aborda as doenças relacionadas com o coração e sistema vascular.
  • Cirurgia Cardiovascular: tratamento cirúrgico de doenças do coração.
  • Cirurgia da Mão: cuida das doenças das mãos e dos punhos, incluindo os ossos, articulações, tendões, músculos, nervos, vasos e pele.
  • Cirurgia de cabeça e pescoço: tratamento cirúrgico de doenças da cabeça e do pescoço.
  • Cirurgia do Aparelho Digestivo: tratamento clínico e cirúrgico dos órgãos do aparelho digestório, como o esôfago, estômago, intestinos, fígado e vias biliares, e pâncreas.
  • Cirurgia Geral: é a área que engloba todas as áreas cirúrgicas, sendo também subdividida.
  • Cirurgia Pediátrica: cirurgia geral em crianças.
  • Cirurgia Plástica: correção das deformidades, malformações ou lesões que comprometem funções dos órgãos através de cirurgia de caráter reparador ou cirurgias estéticas.
  • Cirurgia Torácica: atua na cirurgia da caixa torácica e vias aéreas.
  • Cirurgia Vascular: tratamento das veias e artérias, através de cirurgia, procedimentos endovasculares ou tratamentos clínicos.
  • Clínica Médica (Medicina interna): é a área que engloba todas as áreas não cirúrgicas, sendo subdividida em várias outras especialidades.
  • Coloproctologia: é a parte da medicina que estuda e trata os problemas do intestino grosso (cólon), sigmoide e doenças do reto, canal anal e ânus.
  • Dermatologia: é o estudo da pele anexos (pelos, glândulas), tratamento e prevenção das doenças.
  • Endocrinologia e Metabologia: é a área da Medicina responsável pelo cuidados aos hormônios, crescimento e glândulas como adrenal, tireoide, hipófise, pâncreas endócrino e outros.
  • Endoscopia: Esta especialidade médica ocupa-se do estudo dos mecanismo fisiopatológicos, diagnóstico e tratamento de enfermidades passíveis de abordagem por procedimentos endoscópicos e minimamente invasivos.
  • Gastroenterologia: é o estudo, diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças relacionadas ao aparelho digestivo, desde erros inatos do metabolismo, doença do trato gastrointestinal, doenças do fígado e cânceres.
  • Genética médica: é a área da responsável pelo estudo das doenças genéticas humanas e aconselhamento genético.
  • Geriatria: é a subespecialidade médica que cuida dos idosos e articula seu tratamento com outras especialidades.
  • Ginecologia e obstetrícia: é a especialidade médica que aborda de forma integral a mulher. Trata desde as doenças infecciosas sexuais, gestação, alterações hormonais, reprodução.
  • Hematologia e Hemoterapia: é o estudo dos elementos figurados do sangue (hemácias, leucócitos, plaquetas) e da produção desses elementos nos órgãos hematopoiéticos (medula óssea, baço, linfonódos), além de tratar das anemias, linfomas, leucemias e outros cânceres, hemofilia e doenças da coagulação.
  • Homeopatia: é a prática médica pseudocientífica baseada na Lei dos Semelhantes. Esta é, por sua vez, uma pseudociência em consenso pela comunidade científica, já que apresenta provas científicas da sua não-eficácia.
  • Infectologia: prevenção, diagnóstico e tratamentos de infecções causadas por vírus, bactérias, fungos e parasitas (helmintologia, protozoologia, entomologia e artropodologia).
  • Mastologia: subespecialidade que trata da mama, suas doenças, alterações benignas e estéticas.
  • Medicina de Família e Comunidade: é a área da medicina que trata do indivíduo em seu ambiente familiar e comunitário, com foco na prevenção e tratamento das doenças mais comuns, sendo o articulador do encaminhamento aos especialistas quando necessária abordagem mais aprofundada das doenças.
  • Medicina de Emergência: especialidade que atua no cuidado de pacientes com doenças ou lesões que requerem atenção médica imediata, atuando nas Emergências, pronto-atendimentos e serviços pré-hospitalares.
  • Medicina do Trabalho: trata do processo de trabalho e da relação deste com as doenças. Atua desde a prevenção dos agravos, a minimização dos efeitos destes e do tratamento das doenças do trabalho quando já estabelecidas.
  • Medicina do Tráfego: manutenção da saúde no indivíduo que se desloca, qualquer que seja o meio, cuidando das interações deste deslocamento com o indivíduo.
  • Medicina Esportiva: abordagem do atleta de uma forma global, desde a fisiologia do exercício à prevenção de lesões, passando pelo controle de treino e resolução de problemas de saúde que envolvam o praticante do exercício físico.
  • Medicina Física e Reabilitação: diagnóstico e terapêutica de diferentes entidades tais como doenças traumáticas, do sistema nervoso central e periférico, orto-traumatológica, cardiorrespiratória.
  • Medicina Intensiva: é o ramo da medicina que se ocupa dos cuidados dos doentes graves ou instáveis, que emprega maior número de recursos tecnológicos e humanos no tratamento de doenças ou complicações de doenças, congregando conhecimento da maioria das especialidades médicas e outras áreas de saúde.
  • Medicina Legal e Perícia Médica (ou medicina forense): é a especialidade que aplica os conhecimentos médicos aos interesses da Justiça, na elaboração de leis e na adequada caracterização dos fenômenos biológicos que possam interessar às autoridades no sentido da aplicação das leis. Assim a Medicina Legal caracteriza a lesão corporal, a morte (sua causa, o momento em que ocorreu, que agente a produziu), a embriaguez pelo álcool ou pelas demais drogas, a violência sexual de qualquer natureza, etc.
  • Medicina Nuclear: é o estudo imaginológico ou terapia pelo uso de radiofármacos.
  • Medicina Preventiva e Social: se dedica especificamente à prevenção de doenças gerais (de várias áreas), porém não unicamente, já que cada área ou especialidade está também capacitada para tal.
  • Nefrologia: é a parte da medicina que estuda e trata clinicamente as doenças do rim, como insuficiência renal.
  • Neurocirurgia: atua no tratamento de doenças do sistema nervoso central e periférico passíveis de abordagem cirúrgica.
  • Neurologia: é a parte da medicina que estuda e trata o sistema nervoso.
  • Nutrologia: diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças do comportamento alimentar.
  • Obstetrícia: é a área da medicina atrelada à Ginecologia que cuida das mulheres em relação ao processo da gestação (pré, pós-parto, puerpério, gestação e outros).
  • Oftalmologia: é a parte da medicina que estuda e trata os distúrbios dos olhos.
  • Ortopedia e Traumatologia: é a parte da medicina que estuda e trata as doenças do sistema osteomuscular, locomoção, crescimento, deformidades e as fraturas.
  • Otorrinolaringologia: é a parte da medicina que estuda e trata as doenças da orelha, nariz, seios paranasais, faringe e laringe.
  • Patologia: (também anatomia patológica ou patologia cirúrgica) é a especialidade que se ocupa da análise macroscópica, microscópica e molecular das doenças em autópsias, espécimes cirúrgicos, biópsias e preparados citológicos. Ela faz a ligação entre a ciência básica e a prática clínica.
  • Patologia Clínica/Medicina laboratorial: No Brasil, de forma geral é uma especialidade médica investigativa e atua como parte do processo diagnóstico das doenças.
  • Pediatria: é a parte da medicina que estuda e trata crianças.
  • Pneumologia: é a parte da medicina que estuda e trata o sistema respiratório.
  • Psiquiatria: é a parte da medicina que previne e trata ao transtornos mentais e comportamentais.
  • Radiologia e Diagnóstico por Imagem: realização e interpretação de exames de imagem como raio-X, ultrassonografia, Doppler colorido, Tomografia Computadorizada, Ressonância Magnética, entre outros.
  • Radioterapia: tratamento empregado em doenças várias, com o uso de raio X ou outra forma de energia radiante.
  • Reumatologia: é a especialidade médica que trata das doenças do tecido conjuntivo, articulações e doenças autoimunes. Diferente do senso comum o reumatologista não trata somente reumatismo.
  • Urologia: é a parte da medicina que estuda e trata cirurgicamente e clinicamente os problemas do sistema urinário e do sistema reprodutor masculino e feminino.

Também temos as seguintes Áreas de Atuação:

  • Administração em Saúde
  • Alergia e Imunologia Pediátrica
  • Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular
  • Atendimento ao Queimado
  • Cardiologia Pediátrica
  • Cirurgia Crânio-Maxilo-Facial
  • Cirurgia do trauma
  • Cirurgia videolaparoscópica
  • Citopatologia
  • Densitometria óssea
  • Dor
  • Ecocardiografia
  • Eletrofisiologia clínica invasiva
  • Endocrinologia pediátrica
  • Endoscopia digestiva
  • Endoscopia ginecológica
  • Endoscopia respiratória
  • Ergometria
  • Foniatria
  • Gastroenterologia pediátrica
  • Genética
  • Hansenologia
  • Hematologia e hemoterapia pediátrica
  • Hemodinâmica e cardiologia intervencionista
  • Hepatologia
  • Infectologia hospitalar
  • Infectologia pediátrica
  • Mamografia
  • Medicina de urgência
  • Medicina do adolescente
  • Medicina fetal
  • Medicina intensiva pediátrica
  • Nefrologia pediátrica
  • Neonatologia: é o ramo da Pediatria que estuda e cuida dos recém-nascidos, do nascimento até os 28 dias de idade.
  • Neurofisiologia clínica
  • Neurologia pediátrica
  • Neurorradiologia
  • Nutrição parenteral e enteral
  • Nutrição parenteral e enteral pediátrica
  • Nutrologia pediátrica
  • Pneumologia pediátrica
  • Psicogeriatria
  • Psicoterapia
  • Psiquiatria da infância e adolescência
  • Psiquiatria forense
  • Radiologia intervencionista e angiorradiologia
  • Reumatologia pediátrica
  • Transplante de medula óssea
  • Ultrassonografia em ginecologia e obstetrícia

Conheça nossos canais sociais: InstagramFacebook e Youtube

Written by

Olá sou o CEO & Co-Founder da Agência Carcará de Publicidade em Brasília e sócio do CEO e Diretor de Criação & Co-Founder Raul Evaristo A Agência Carcará figura entre as mais importantes do DF e Brasilia. O foco da Carcará é o de promover e fidelizar a sua marca levando sua empresa a ter sucesso em Brasília e no Distrito Federal, por meio de gestão de campanhas publicitárias para matrícula escolar eficientes isso sem falar na Gestão de SEO e criação de Vídeos Promocionais.